1/3

MURROS

MARIE THAURONT |SSA

17 maio | 16:00h | TABERNA DOM PEPE

Depois de uma briga, meu companheiro teve um surto de sinceridade, se trancou no quarto e me escreveu à mão umas 80 páginas de teor confessional. receber essa carta foi muito traumático. Fiquei procurando ajuda, procurando as feministas para me dar uma opinião sobre a carta. Finalmente, uma amiga minha a leu e colocou os nomes que eu precisava ouvir: relação abusiva, gaslighting, violência psicológica....assim consegui reunir forças de mulheres queridas para montar uma exposição em resposta às cartas. Fiz um recorte das cartas em temas, e coloquei imagens do meu corpo de mulher comum respondendo às essas palavras de macho. Também fiz uma parede com telas que meu companheiro tinha deixado em casa e pixamos juntas essa parede. enfim, na exposição, tem o registro fotográfico de uma performance, um tríptico com uma montagem em transparência das cartas sobre foto-desenho, uma mesinha de cabeceira com uma carta e as fotos montadas sobre aquelas moldurinhas de  mesa, o registro vídeo de outra performance, um lambe, e essa parede de telas.

7-site-cabecalho.png
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram